Ser Coach parte 9 – Encontrando soluções e tomando atitudes

Ser Coach parte 9 – Encontrando soluções e tomando atitudes

Bem vindo a 9º e penúltima parte do programa Ser Coach! Chegou a hora de encontrar soluções e tomar atitudes práticas para atingir objetivos e metas! O processo de coaching é focado em resultados, depois de explorar a situação, sempre queremos levar o cliente a ações que o movam em direção a seu objetivo.

Programa Ser Coach até agora:

No relacionamento de coaching, se o cliente nunca é levado à ação, os dois estão essencialmente se reunindo para ter ótimas conversas.

Nas conversas de coaching, através das perguntas o cliente é levado a pensar de novas e criativas formas, esticando o seu pensamento com a intenção de que o cliente vá embora comprometido com um plano de ação com passos reais.

Escutar e fazer perguntas são sempre as ferramentas que são empregadas por toda parte. O Coach que não inicia a conversa com a escuta exploratória e questionamentos apenas para assumir o controle quando a estratégia começa. Mesmo quando o cliente é levado a um lugar de ação estratégica, ainda é o cliente que está descobrindo as soluções e desenvolvendo os próximos passos.

As soluções desenvolvidas pelo cliente são mais eficazes do que as que são impostas, porque:
  • Eles se encaixam na personalidade do cliente.
  • Eles se encaixam nas habilidades e capacidades do cliente.
  • O cliente sabe mais sobre si mesmo do que o coach ou qualquer outra pessoa.
  • O cliente estará mais comprometido com as coisas que eles desenvolveram do que aquelas que são desenvolvidos por outra pessoa ou autoridade

Existem vários modelos diferentes que os coaches seguem para orientar os clientes nesse processo de solução de problemas. Vou compartilhar uma ferramenta popular: o modelo GROW (crescer), para que você possa ver como o processo funciona.

O MODELO GROW

 

O modelo GROW fornece uma pista de solução de problemas para ser executada enquanto ouvimos e fazemos perguntas. Nós só progredimos em cada área depois que o cliente esclarece, confirma e se compromete com ela.

G [goal]- Estabelecer o objetivo

O objetivo é o fim. É onde o cliente gostaria de estar. Na parte 5 do Ser Coach discutimos a necessidade de as metas serem específicas, mensuráveis, atingíveis, realistas e com tempo específico. O objetivo é o que você concorda que a ação seja.

Alguns exemplos de perguntas:

  • “Então, qual é o objetivo que você definiu para si mesmo?”
  • “Como você vai saber que teve sucesso?”
  • “Como é o sucesso?”
  • “O quão importante é para você conseguir isso?”
  • “Por que você quer alcançar esse objetivo?”
R [reality]- Realidade atual

A realidade atual nos diz “Onde você está agora?” e “O que você fez para chegar lá?” Novamente, não há nenhum avanço até que haja uma compreensão e um acordo de onde o cliente está agora.

  • “Fale-me sobre o que está acontecendo agora …”
  • “O que o levou a esta situação?”
  • “Quais barreiras ou obstáculos você enfrentou?”
O [options] – Opções

As opções são sobre as diferentes maneiras que o cliente tem para atingir o objetivo – simplesmente : brainstorming. Como resultado de escutar e fazer perguntas, o cliente terá várias opções diferentes para alcançar o objetivo e concordará antes de seguir em frente.

  • “Então, o que você acha que são as suas opções?”
  • “Qual é a melhor coisa sobre essa opção?”
  • “Qual é a pior coisa sobre essa opção?”
  • “Quais outras abordagens podem lhe trazer sucesso com isso?”
  • “O que funcionou para você no passado?”
W [way forward]- Caminho a seguir (lista de ações)

O caminho a seguir é outra maneira de dizer “lista de ações”. Essas são as medidas concretas que o cliente tomará para garantir que esteja realmente fazendo algo em direção ao objetivo. Esses itens são acordados pelo Coach e pelo cliente e, nas reuniões subsequentes, o Coach pedirá atualizações sobre o progresso dos itens.

  • “Quando você vai começar?”
  • “Que ações você vai tomar?”
  • “Quem vai ajudá-lo?”
  • “Como você vai se certificar de fazer isso?”

A lista de ações deve ser:

  • Clara: o cliente sabe exatamente o que é esperado e o que deve fazer.
  • Comprometimento: o cliente deve concordar que eles estão comprometidos com o caminho a seguir.
  • Programado: o cliente sabe quando item será executado.
MUITO IMPORTANTE

Apenas para reafirmar: cada etapa do processo termina em um acordo. É de suma importância que através de cada fase haja entendimento do acordo e da lista de ações definida para que não haja confusão. Se houver confusão, é impossível manter o cliente responsável.

Tanto o Coach quanto o cliente estão mantendo notas e, à medida que cada acordo está sendo feito, o treinador está reafirmando sua clareza e obtendo um acordo final verbalizado.


Assim acabamos a 9º parte do Ser Coach, Encontrando soluções e tomando atitudes. Nos vemos em breve na última parte do programa Ser Coach parte 10 – Suporte e prestação de contas

Como você está se sentindo? Espero que sua mente esteja atenta e seu coração aberto a essas novas informações!

Já se cadastrou em minha newsletter? Aproveite:

Dúvidas, sugestões, alterações? Fico a disposição.

Um grande abraço!